Publicação que resulta de uma escolha feita na correspondência de Amélia Rey Colaço, seleccionada pela própria para ser entregue ao Museu Nacional do Teatro.  O conjunto de documentos publicados diz respeito à vida da Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro (1921-1974) em que a figura dominante foi a actriz/encenadora/empresária.  Inclui um texto de Amélia Rey Colaço, Augusto Rosa : meu mestre e um capítulo sobre a sua infância e juventude.  Os três capítulos seguintes dizem respeito à correspondência da Companhia com três personalidades distintas : Afonso Lopes Vieira, José Régio e Bernardo Santareno. Os outros capítulos têm os títulos : Actores e actrizes, Dramaturgos e tradutores, Encenadores e desenhadores, Outras personalidades, Alguns problemas da Companhia; Depois do fim da Companhia.  A publicação contém ainda a relação de toda a correspondência da Companhia existente no Museu Nacional do Teatro.