Marioneta de fios, personagem Dr Faustus, do espetáculo Dr Faustus, de Christopher Marlowe
Estreia  Teatro da Trindade, 2 de dezembro de 1994 
Encenação, cenografia e marionetas: Luís Vieira
Figurinos Costumes: João Cardoso, Luís Vieira


Nós somos feitos da matéria de que são feitos os sonhos.
William Shakespeare, A Tempestade


A estrutura profissional A Tarumba - Teatro de Marionetas, com direção artística de Luís Vieira e Rute Ribeiro, foi criada em 1993 por um conjunto de pessoas ligadas a diversas áreas artísticas, Teatro, Cinema, Escultura e à História de Arte, que tinham em comum o amor pela arte das marionetas, bem como a profunda noção da sua necessidade de revitalização no nosso País.

O desenvolvimento de um trabalho de grande qualidade técnica e artística, bem como de uma constante inovação no campo do Teatro de Marionetas em Portugal, constitui um dos aspetos que profissionalmente tem caracterizado a sua atividade.

O seu projeto artístico contempla a criação de espetáculos, formação e investigação, bem como a realização anual do FIMFA Lx - Festival Internacional de Marionetas e Formas, desde 2001.

Vinte e cinco anos que não se contam apenas pelos fios, a principal técnica de manipulação utilizada pela companhia nos seus primeiros anos. No campo da criação e experimentação artística, os espetáculos produzidos refletem o intuito de serem dirigidos maioritariamente ao público adulto, privilegiando as formas contemporâneas e a pesquisa em torno do teatro de marionetas, com a utilização de diversas técnicas, desde teatros de papel, a sombras ou a objetos, em espetáculos apresentados em Portugal e nos mais importantes festivais internacionais em França, Espanha, Reino Unido, Dinamarca, Argentina, Brasil, República Checa, Eslovénia, Eslováquia, Índia, Paquistão, Hungria, Turquia ou Suécia.

As marionetas presentes nesta exposição revelam as personagens criadas para textos de autores como Christopher Marlowe, William Shakespeare, Federico Garcia Lorca e Bertolt Brecht. O gosto pelos clássicos para os dar a descobrir através de palcos em miniatura.

A Tarumba é uma estrutura financiada por República Portuguesa – Ministério da Cultura / DGArtes.
de Christopher Marlowe
Tarumba significa atarantar, estontear, atordoar, maravilhar... palavras que exprimem o sentimento geral da companhia em relação à arte das marionetas.