A exposição que apresenta um conjunto de obras pertencentes, em exclusivo, ao Museu Nacional do Teatro e da Dança,  pretende dar a conhecer o trabalho de alguns dos mais importantes artistas portugueses do século XX, numa faceta menos conhecida: a conceção plástica e construção de obras ligadas ao mundo do espetáculo, figurinos, trajos de cena e maquetas de cenário em plano ou 3D. São pintores e arquitetos que, nalguns casos, de forma muito esporádica ou fugaz, visitaram o universo das Artes do Espetáculo (como Maria Keil, Mário Cesariny, Emília Nadal, Gracinda Candeias) outros que, a par da pintura e da arquitetura, permaneceram de forma mais duradoura naquele universo (Almada Negreiros, Milly Possoz, Bernardo Marques, ou Sá Nogueira são alguns exemplos) ou aqueles que acabaram por dedicar uma parte substancial das suas carreiras artísticas às artes do palco (Abílio de Mattos e Silva, Maria Adelaide Lima Cruz e José Manuel Castanheira).

Esta exposição, comissariada por José Carlos Alvarez, diretor do Museu Nacional do Teatro e da Dança, apresenta pela primeira vez ao público um importante conjunto de obras daquele museu. Dentro deste lote destacamos os desenhos de Almada Negreiros para o argumento do bailado O Jardim da Pierrette, apresentado no Teatro da Trindade, em 1918. Trata-se de um raro e singular conjunto de desenhos que espelham o interesse particular de Almada Negreiros pelo universo da dança e pelas personagens da Commedia dell'Arte, Pierrot e Arlequim. Destacamos também o figurino do bailado Variações Paganini, da autoria de José de Guimarães, apresentado pelo Ballet Gulbenkian, em 1978.