Partindo do conceito de performatividade de género, proposto por Judith Butler no livro Gender Trouble (1990), Gineceu Androceu pretende contrariar a conjuntura binária de género e revelar que a apresentação
do sexo não é uma realidade imutável. Numa sociedade, segundo Butler, o género constrói-se, em vez de,
naturalmente, surgir. 
Gineceu Androceu pretende revelar, através da teoria de Butler, que o género não se circunscreve somente à diferença biológica. É, inexoravelmente, uma via para uma leitura discursiva e identitária.

Porque a feminilidade não pertence só às mulheres e a masculinidade não pertence só aos homens.
DIOGO AMARAL X MIGUEL VIEIRA

SOFIA SOARES RIBEIRO X RICARDO ANDREZ